Após perseguição e troca de tiros com PM, dois criminosos são mortos e uma mulher é presa na Zona Norte de Natal

Foto: Sérgio Henrique Santos/Inter TV Cabugi


Dois homens morreram e uma mulher foi presa em flagrante depois de uma perseguição e troca de tiros com policiais no Conjunto Santarém, na Zona Norte de Natal, na noite desta terça-feira (7). De acordo com a PM, o trio fazia assaltos em série na região desde dezembro e foi reconhecido por, pelo menos, 12 vítimas.

O caso começou com uma perseguição na Avenida Itapetinga e terminou em um confronto na rua Xombré. As marcas de disparos ficaram nas paredes de casas na rua e também em um dos portões e assustou a vizinhança. "Primeiro eu ouvi 10 ou 12 tiros. Logo em seguida, em frente à minha casa, ouvi outra sequência de disparos. Moro aqui desde 1983 e nunca tinha visto isso", relatou uma moradora.

Dois criminosos foram atingidos, socorridos e levados ao Hospital Santa Catarina, Zona Norte da capital potiguar, mas não resistiram e morreram. Uma mulher foi presa em flagrante. Com os suspeitos, a Polícia encontrou objetos roubados, dinheiro e duas armas. Nenhum policial foi ferido na ação.


 Foto: Sérgio Henrique Santos/Inter TV Cabugi

O carro dos criminosos, um modelo tipo Clio verde, ficou com várias marcas de tiro. De acordo com testemunhas que foram a Delegacia de Plantão da Zona Norte, os suspeitos faziam assaltos em série desde dezembro e o carro já era conhecido.

Segundo João Marcos Lobinho, tecladista, também foi vítima dos criminosos e reconheceu o veículo. "A gente estava na frente de casa, eu uma esposa e um amigo. Anunciaram um assalto em um instante. Reconheço o carro. Cheguei aqui e já vi logo o carro", disse.

Em um caso registrado no dia 31 de dezembro, uma câmera de segurança registrou uma das ações dos criminosos. Eles desceram armados do veículo, se aproximaram da vítima, um entregador de gás, roubaram um botijão, entraram no carro e fugiram do local.

Outro homem foi vítima dos criminosos no Conjunto Nova Natal, na Zona Norte da capital potiguar, nesta terça. "Meu amigo semana passada foi assaltado e disse que era um Clio verde. Quando vi, era o mesmo carro que roubou meu amigo", falou.

Fonte: G1

Compartilhe!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se você encontrar algo de carater ofensivo, por favor denuncie.

Comentários (0)


Deixe um comentário